quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Acho brega.

Para o Tudo de Blog

Capricho pergunta: o que você acha da moda das
pulseirinhas do sexo?

Que o sexo foi banalizado, isso todo mundo já sabe. Agora, arrebentar pulseirinhas virou sinônimo de sexo fácil entre os adolescentes. Bom, eu sempre achei isso tudo muito brega, antes mesmo de saber o que esses trequinhos significavam. Para mim, é mais uma modinha passageira. E acho que, não, ninguém é obrigado a fazer o que não quer. Quer usar? Use. Não é por isso que você vai ser forçado a fazer nada. E, se por acaso for, saiba que assédio sexual dá cadeia - portanto, delegacia neles!

Eu, sinceramente, não usaria, não só porque acho brega, mas porque não quero que pensem que entrei nesse jogo estúpido. E só. Questão de prudência e, por que não, um mínimo de bom gosto.

***
Já nem vou me desculpar mais pelos sumiços, porque vocês me conhecem, né? E eu amo vocês, porque vocês me entendem! Mas não gosto de deixá-los no vácuo, mesmo no auge das minhas férias e falta de internet.

Novidade: tô morena de novo. É, enjoei. Quem me conhece sabe que estou sempre mudando. E mudar é bom, mesmo que seja mudar de volta!

Bom, é isso. Roubem quantas rosas quiserem!

8 comentários:

Mandy disse...

o triste nessa história de pulseira do sexo é saber (saber não, constatar) que adolescentes e mais adolescentes usam sabendo do fato e "querendo o fato". Manja essa históriazinha de que a maioria é ingenua e não sabe o mal que pode causar a si mesmo? Comigo não cola mais. Tem muita menininha de 10, 12 anos por aí que já dá em cima dos garotos, a maioria das vezes mais velhos, e já nem quer mais saber de beijinho na boca. Eu com 12 anos ainda brincava de Barbie (sem malícia nas brincadeiras por sinal)...
É o mundo de hoje minha gente, dá pra se conformar?!


/prontofalei!

Luísa Chaves disse...

concordo com voce, assedio sexual felizmente é crime, e quem gosta das pulseiras independende do significado desse joguinho ridiculo que use sem preocupaçao, a sociedade é livre e voce pode escolher o que quer e o que nao quer =X

Atrevido disse...

Acho muito ridiculo, sinceramente era so o que faltava para completar a devassidão desse mundo, onde o sexo se transformou em status. Me economize. Aproveitando a deixa do Tudo de Blog, eu irei escrever sobre isso no meu blog também. Xoxo

samantha disse...

No começo eu usei uma dessas pulseirinhas, não porque era modinha, mas sim porque um grande amigo havia me dado para combinar com as outras 4 pulseiras que nunca tiro (nem sabia essa do sexo). Descobri esses dias essa brincadeira das pulseirinhas do sexo e achei um absurdo, alguém muito necessitado não tinha o que fazer e inventou uma coisa dessas. Tenho vários amigos que usam e nem por isso eles pensam em sexo, se bobiar nem sabem dessa brincadeira, ridículo :).

Ah, eu também brincava de Barbie com 12 anos *-* , er, eu tenho 15 rs.

Madame Morte disse...

Hahaha, pior que eu contei aqui e tenho 17 pulseirinhas pretas no pulso esquerdo.Nem sabia desse joguinho (idiota).Tenho essas há puco mais de um ano e nunca arrebentaram não...Imagina só coiseiar 17 vezes ¬¬

Nadaver essas modinhas passageiras e sem nexo...

Sexo atualmente é algo cada vez mais banal, menos importante de uma forma e mais importante de outra...assim como um "eu te amo".Perdi a conta de quantas vezes eu ouço essas três palavras por dia...

Os valores antigos já eram meio "errados" os de hoje então...

Ana-upbreak disse...

adorei seu blog entra no meu! http://leticiaupbreak.blogspot.com

Jei Oliveira disse...

Nossa! Amei o blog! tava lendo a postagem do "que fazer nas férias" já que essas minhas férias prometem serem bem chatinhas...
Adorei!
já tou seguindoo! bjooo!
Dá uma olhadinha lá no meu depois!
vou amar ter sua visita!!

Carla disse...

ah adorei seu texto!
as história das pulseirinhas é passageira, não passa de uma modinha que vem e vai, hihi.
e seu blog também, muito bom mesmo (:
beijos