segunda-feira, 27 de junho de 2011

Implicância

Pra começar, eu te acho esquisito.
E, logo de cara, não vou com a tua cara.
Logo depois, já te acho babaca.
E, em seguida, te acho sem-graça.
Mas, por um segundo, te acho engraçado.
E, no dia seguinte, te acho bacana.
Pra falar a verdade, eu te acho é bonito.
E, neste exato segundo, eu te daria um beijo.

Era pura paixão enrustida.

2 comentários:

patyemo disse...

Nossa eu sou muito assim,falo uma coisa pensando em outra e querendo fazer uma terceira... kkk

Gostei do post.


bju ;)

Dani disse...

Olá! Obrigada pela visita ao blog! Amo poesias...hj tem um post lá com uma ;-)
Bjs e órima semana!!!!
Dani
http://besonderblog.blogspot.com